Blog MLPro

Fim do Suporte ao WorkFlow do SharePoint 2010 no SharePoint Online

Ricardo Sabino e Leandro Lima
15/08/2020
Fim do Suporte

A Microsoft anunciou que à partir do dia 01 de novembro de 2020 encerrará o atendimento de suporte para o workflow do SharePoint 2010, no SharePoint Online.

Abaixo temos maiores informações sobre o plano e prazos da Microsoft para o encerramento dessa atividade.

Além disso, temos alguns esclarecimentos sobre dúvidas referentes ao término deste suporte.

Prazos e Recomendações

De acordo com as informações da Microsoft, desde o dia 01 de agosto de 2020 o workflow do SharePoint já foi retirado para os Tenants que haviam sido criados há pouco tempo, sendo que à partir de 01 de novembro de 2020 a capacidade para rodar ou criar workflows para os Tenants já existentes será removida.

Update

Para manter a conectividade e funcionalidade dos workflows do Sharepoint 2010 que já estão em uso pela empresa, a Microsoft recomenda a migração para o Power Automate para que não haja impacto em qualquer processo de negócio que utilize o workflow.

O Power Automate foi desenvolvido pela Microsoft para conectar todos os serviços do Microsoft 365 e também para permitir a criação de workflows personalizados para sua empresa.

Como verificar a versão do workflow ?

Para verificar se a sua empresa utiliza o workflow do Sharepoint 2010, ou mesmo para planejar a migração para o Power Automate, a Microsoft recomenda a utilização de uma ferramenta chamada Scanner de Modernização do Sharepoint (SharePoint Modernization Scanner) para verificar a versão dos workflows utilizados no Tenant. Esta ferramenta irá gerar um relatório dos workflows utilizados no Sharepoint permitindo a análise dos seguintes dados:

  • Verificação do “legado” de workflows do SharePoint 2010 e SharePoint 2013;
  • Análise de sites e listas que utilizam os workflows.
  • Análise e pontuação do Power Automate.

Esta análise, tem como objetivo indicar se os workflows que foram detectados poderão ser atualizados com sucesso para o Workflow do Power Automate;

Com a utilização das informações do site e do relatório de workflows, os administradores do Tenant poderão comunicar aos usuários, elaborar um plano de migração para terem o mínimo de impacto ou interrupção nos processos de negócios.

E como fica o suporte para o Workflow do SharePoint 2013?

No caso dos workflows do SharePoint 2013, o suporte da Microsoft será mantido, porém sem priorização nos atendimentos. Neste caso, mesmo contando com o suporte da Microsoft, é recomendado que também seja feita a migração para o Power Automate. Caso a empresa tenha interesse em mudar para outra solução que não seja o Power Automate, a Microsoft permite, desde que a solução tenha suporte e seja do Programa de parceiros de aplicativos empresariais do Microsoft 365 (Microsoft 365 Business Apps Partner Program).

Os workflows do SharePoint 2013 serão desativados por padrão para os novos Tenants à partir de novembro de 2020.

A Microsoft irá fornecer um script em PowerShell para permitir que as empresas ativem no Tenant o workflow baseado no Sharepoint 2013.

E como ficam as licenças para uso do Power Automate ?

Não será necessário a aquisição de novas licenças, pois todas as licenças do Microsoft 365 já incluem o uso do Power Plataform para personalização e utilização dos aplicativos do Microsoft 365 incluindo o Power Automate e Power Apps.

E como fica o suporte para o workflow do SharePoint Server 2010 e SharePoint Server 2013 ?

Os workflows baseados no SharePoint Server 2010 e SharePoint Server 2013 continuarão a ter suporte da Microsoft para SharePoint On premise 2016 e do SharePoint Server 2019 até o ano de 2026.

Haverá alguma alteração para o SharePoint Designer 2013 ?

A criação dos workflows do SharePoint 2010 com o SharePoint Online usando o SharePoint Designer 2013 será desativada para qualquer Tenant à partir de novembro de 2020. O SharePoint Designer 2013 funcionará com o SharePoint Server 2019 até o restante do ciclo de suporte da empresa no máximo até o ano de 2026. Após esta data o SharePoint Designer 2013 não terá mais suporte da Microsoft.

Para maiores informações sobre o fim do suporte ao workFlow do SharePoint 2010 ou conhecer mais sobre o PPM, Microsoft Project Online ou como otimizar a gestão dos projetos de sua empresa, entre em contato conosco.

Referência:

Project Server

Novidades e dicas relacionadas ao Microsoft Project Online e Project Server.

Posts:
2024
Janeiro
2023
Dezembro
Novembro
Setembro
Agosto
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2022
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2021
Dezembro
Novembro
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2020
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2019
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
2015
Setembro
Julho
Maio
Janeiro
2014
Outubro
Setembro
Agosto
Junho
Abril
Março
Fevereiro

31 de agosto de 2022


Como Gerenciar Problemas no Project Online

Leandro Lima, Nathalia Souza e Ricardo Sabino.
15/09/2022

Relatórios de status do projeto automáticos por e-mail

É natural que uma empresa tenha que lidar com problemas e imprevistos. Logo, registrá-los é uma tarefa essencial para manter todos os envolvidos no projeto cientes da situação atual e garantir a resolução do problema o mais rápido possível, evitando comprometer o andamento e prazo do projeto. No nosso último artigo falamos sobre como gerenciar riscos no Project Online. Porém, e quando o risco realmente acontece ou quando um problema inesperado surge, o que fazer? Neste artigo iremos ensinar como cadastrar e gerenciar os problemas do seu projeto no Project Online.

O PWA disponibiliza uma lista nativa de problemas dentro do site do projeto (Sharepoint) para o registro e monitoramento dos problemas. Além disso, a MLPro oferece relatórios personalizados possibilitando melhor visualização das informações com gráficos e de forma mais dinâmica, sendo fundamentais para um gerenciamento mais eficiente e um projeto de sucesso.

A origem dos problemas

Quando já havia um risco cadastrado: Um problema pode ser criado a partir de um risco já identificado e cadastrado anteriormente. Quando o risco acontece, é necessário fechá-lo e cadastrá-lo como um novo problema. A grande diferença neste caso é que provavelmente ele já possui um plano de ação e vai ser solucionado mais rápido, já que não será uma surpresa e os colaboradores do projeto já haviam previsto a possibilidade de acontecer.

Quando não havia um risco cadastrado: Nem todo problema pode ter sido identificado anteriormente como um risco e cadastrado com antecedência. Ele pode acontecer sem previsões e neste caso, o problema deve ser cadastrado e os colaboradores devem definir se ele é grave e qual o impacto gera sobre o projeto, para então desenvolver um plano de ação adequado.

Como registrar e gerenciar os problemas no Project Online

Para registrar os riscos:

Entre na Central de Projetos > Site do Projeto. Nessa tela, você consegue ter uma breve visualização de quantos problemas estão cadastrados no projeto e quantos deles estão em aberto.


A implantação do PPM Easy - azul


Ao clicar em “Problemas” no Menu lateral, irá aparecer todos os problemas cadastrados no seu projeto. Para criar um, clique em “Novo Item”.


Problemas


Em seguida, a tela para cadastro do problema irá abrir, basta preencher conforme as características do problema.



Problemas - novo item

Plano de ação: O problema pode ter um plano de ação já cadastrado ou não. Se não houver, é recomendado que a equipe se reúna e para o desenvolvimento de um plano ideal para este problema, dependendo do seu nível de gravidade.

Relatórios da MLPro para gestão de problemas
Dashboard Easy

Esse relatório permite uma ótima visualização dos problemas em seus projetos, sendo eles: atrasados, em andamento, resolvidos, cancelados, abertos ou fechados. É extremamente útil pois os números e gráficos ajudam a identificar se o andamento do projeto e as ações para eliminar ou mitigar estes problemas estão sendo efetivas, tudo com uma visão em nível gerencial.


Dashboard portfólio easy


Dashboard de Projetos
Esse relatório mostra todos os seus projetos (podendo selecionar apenas um para visualização) com colunas como a de “problemas” que contém símbolos representando se há problema e se ele está ativo atrasado ou dentro do prazo, facilitando também a visualização de como está o andamento do projeto de forma geral.



Dashboard projetos


E-mail automatizado de Relatório de Status do Projeto
A MLPro desenvolveu um relatório que é enviado por e-mail de forma automatizada e permite a visualização de todos os pontos importantes do seu projeto. No quadro de “Problemas em Aberto” por exemplo, há a descrição dos problemas existentes. Isso além de possibilitar fácil visualização, é extremamente útil para manter os envolvidos sempre cientes de como está o projeto, e o melhor, sem que eles precisem consultar manualmente no Sharepoint.


Relatório de status de projetos

Lembre-se que um bom gerente de projetos deve realizar um bom gerenciamento de problemas! Em caso de dúvidas ou interesse, entre em contato com a MLPro preenchendo o formulário de 1º contato.