Blog MLPro

Fim do Suporte ao Microsoft Project Server

Leandro Lima e Nathalia Souza
31/07/2022
fim-do-suporte-ao-project-server

A fim de garantir uma melhor funcionalidade, desempenho e estabilidade para seus produtos mais recentes, a Microsoft possui uma política que consiste em descontinuar o suporte técnico para as versões mais antigas de determinado produto, conforme surgem novas atualizações.



Como funciona o suporte ao Microsoft Project Server?

A Microsoft oferece dois tipos de suporte para seus produtos, sendo o suporte convencional e suporte estendido. A diferença entre eles está na quantidade de tempo de suporte que a Microsoft garante para cada produto.

No caso do suporte convencional, ele possui um determinado prazo de anos desde o lançamento do produto, sendo um suporte de forma gratuita. Após do fim desse prazo, ou melhor, conforme a sua versão fica desatualizada, além da Microsoft não adicionar novos recursos, esse tipo de suporte é encerrado. No entanto, ela ainda oferece a possibilidade de contratar pacotes de correções, ou seja, o suporte estendido (que também possui um prazo).

Listamos abaixo as principais versões do Microsoft Project Server e as respectivas datas de vencimento do suporte convencional e estendido:

Produtos Início do Suporte Fim do Suporte
Convencional
Fim do Suporte
Estendido
Microsoft Office Project Server 2003 18/09/2007 14/04/2009 08/04/2014
Project Server 2010 19/07/2013 13/10/2015 13/10/2020
Project Server 2013 17/04/2014 10/04/2018 11/04/2023
Project Server 2016 01/05/2016 13/07/2021 14/07/2026
Project Server 2019 22/10/2018 09/01/2024 14/07/2026

O que significa o fim do suporte técnico para o Microsoft Project Server?

A Microsoft oferece para a grande maioria de seus produtos um ciclo de vida de suporte técnico, e durante este tempo, oferece recursos, correções de erros e atualizações de segurança.

Ao término deste ciclo a Microsoft deixará de fornecer:

  • Suporte técnico para problemas que podem ocorrer;
  • Correções de erros descobertas e que podem afetar a estabilidade e a usabilidade do servidor;
  • Correções de segurança para vulnerabilidades descobertas e que podem tornar o servidor vulnerável a brechas de segurança;
  • Atualizações de fuso horário.

Ou seja, se o usuário possui a licença do Microsoft Project Server 2016, ele já não possui suporte gratuito da Microsoft, pois este foi inspirado em 13/07/2021. Caso ele abra um chamado com a Microsoft, será notificado que não é possível realizar um atendimento para este produto. Nessa situação, o cliente deverá contratar o suporte estendido ou realizar a atualização do Microsoft Project Server para uma versão mais recente (no geral, o mais recomendado).

Por que a Microsoft estipula esse prazo?

O prazo existe justamente para induzir os usuários a estarem sempre com os produtos atualizados, utilizando as melhores versões e usufruindo todos os recursos. Dessa forma, a Microsoft pode sempre garantir que seus clientes estejam obtendo a melhor funcionalidade e desempenho, além de diminuir a chance de riscos.

Atualmente é possível obter o suporte convencional apenas a partir da versão de 2019. Portanto, para evitar futuros problemas, recomendamos fortemente que a equipe de TI de sua empresa esteja atenta para os anos de validade do suporte técnico, e caso necessário, verifique a necessidade de migrar ou atualizar o seu produto.

Se você deseja saber mais sobre o fim do suporte Microsoft ou sobre as migrações de versões do Microsoft Project Server, entre em contato conosco para maiores informações.

Revisado em 08/07/2022.

Novidade: Integração do Power BI no Power Point

Leandro Lima e Nathalia Souza
15/07/2022
Integração do Power BI no Power Point

A Microsoft finalmente disponibilizou a opção de adicionar relatórios diretos do Power BI em apresentações do Power Point!

Antes dessa opção tão esperada pelos usuários, só era possível obter as imagens dos relatórios. Logo, os dados sempre acabavam ficando desatualizados e as imagens precisavam ser substituídas.

Agora, além de conter as informações dos relatórios sempre atualizadas, a integração permite que o usuário interaja com o relatório da mesma forma que ele é no Power BI! Ou seja, é possível utilizar todos os filtros e opções de visualização.

Como adicionar o Power BI no Power Point

É muito simples! Segue o passo a passo:

  1. No Power Point, dentro da aba “Inserir”, clique em “Obter Suplementos”.

  2. Obter Suplementos
  3. Feito isso, irá surgir uma tela com diversas opções para adicionar na sua apresentação. Adicione o Power BI.

  4. Suplementos do Office
  5. Uma tela com a opção de adicionar um link irá abrir no seu slide. Insira no espaço o link da página do Power BI desejada.

  6. Deixe seus dados falarem
  7. Pronto! O seu gráfico será inserido, com a possibilidade de interação!

  8. Power BI no Power Point

    Obs.: Após realizar essa ação pela primeira vez, o Power BI já estará em “Meus Suplementos”. Dessa forma você consegue adicionar ainda mais rápido.

    Meus Suplementos

    Agora suas apresentações serão muito mais completas! Os dados dos seus gráficos nos slides serão sempre reais sem necessitar de manutenção, além de poder atender a pedidos de visualização de informações específicas daqueles que estão acompanhando a apresentação.

Novidade: Microsoft Power Pages

Leandro Lima e Nathalia Souza
30/06/2022
Novidade: Microsoft Power Pages

A Microsoft anunciou uma nova ferramenta (do Power Plataform) para quem deseja criar sites mesmo não possuindo conhecimento avançado em programação! Este é o Microsoft Power Pages.

O serviço de criação em si é novo, já sendo utilizado por algumas empresas e contas corporativas. Entretanto, a Microsoft transformou sua interface e fez ajustes para proporcionar a ferramenta ao grande público, tornando a criação de sites mais fácil e ágil.

O novo Power Pages combina recursos de low-code, ou seja, utiliza estruturas e bases prontas, simplificando ao máximo a criação de sites focados em negócios e alimentados por dados.

Recursos do Power Pages

Estúdio de Design

Estudio de design

Os recursos de criação de site do Power Pages são semelhantes aos das outras ferramentas e softwares de criação de sites. Ele conta com opções de layout com texto, vídeo, imagem, lista, menus, dados e negócios. Entretanto, nessa ferramenta você consegue criar facilmente modelos personalizáveis do zero ou já prontos de forma extremamente fácil e prática.

Outro fato interessante é que ao criar sua página uma vez em uma estrutura padrão, ela é automaticamente renderizada em todas as plataformas (desktop ou móvel).

Hub de Modelo Hub de modelo

No Hub de Modelos é possível utilizar alguns templates prontos, com diversos recursos e possibilidades de personalização de cada seção, imagem e estruturas das páginas. Você pode utilizar modelos para páginas específicas, como por exemplo opções de agendamento, planejamento, formulários de registro, solicitação de empregos, newsletter, entre outros.

Hub de Aprendizagem Hub de Aprendizagem

Ele também conta com o ‘Learn Hub’ (Hub de Aprendizagem), que oferece guias e tutoriais orientando o usuário a aprender a criar o seu site, configurar páginas, entre outras questões para te ajudarem a hora que precisar.

Integração com outras ferramentas Crie com ferramentas profissionais

Para aqueles que já são experientes, o portal conta com integração ao Visual Studio Code, Azure e GitHub para a codificação de recursos avançados e maior produtividade. Dessa forma, é possível criar sites com recursos e funcionalidades mais aprofundadas. Além disso, aqueles que se que conectarem aos Microsoft Azure podem utilizar recursos a fim de fortalecer a segurança proteger seu site e dados.

Portanto, Pages é uma ferramenta online onde possibilita a criação de um site baseado em um modelo ou personalizado em código. Ele chegou com o propósito de ser bem mais intuitivo e facilitar o uso para aqueles que não possuem conhecimento tão aprofundado na criação de sites. Caso tenha se interessado, você pode testá-lo por 30 dias grátis.

Project Server

Novidades e dicas relacionadas ao Microsoft Project Online e Project Server.

Posts:
2024
Janeiro
2023
Dezembro
Novembro
Setembro
Agosto
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2022
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2021
Dezembro
Novembro
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2020
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2019
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
2015
Setembro
Julho
Maio
Janeiro
2014
Outubro
Setembro
Agosto
Junho
Abril
Março
Fevereiro

31 de agosto de 2022


Como Gerenciar Problemas no Project Online

Leandro Lima, Nathalia Souza e Ricardo Sabino.
15/09/2022

Relatórios de status do projeto automáticos por e-mail

É natural que uma empresa tenha que lidar com problemas e imprevistos. Logo, registrá-los é uma tarefa essencial para manter todos os envolvidos no projeto cientes da situação atual e garantir a resolução do problema o mais rápido possível, evitando comprometer o andamento e prazo do projeto. No nosso último artigo falamos sobre como gerenciar riscos no Project Online. Porém, e quando o risco realmente acontece ou quando um problema inesperado surge, o que fazer? Neste artigo iremos ensinar como cadastrar e gerenciar os problemas do seu projeto no Project Online.

O PWA disponibiliza uma lista nativa de problemas dentro do site do projeto (Sharepoint) para o registro e monitoramento dos problemas. Além disso, a MLPro oferece relatórios personalizados possibilitando melhor visualização das informações com gráficos e de forma mais dinâmica, sendo fundamentais para um gerenciamento mais eficiente e um projeto de sucesso.

A origem dos problemas

Quando já havia um risco cadastrado: Um problema pode ser criado a partir de um risco já identificado e cadastrado anteriormente. Quando o risco acontece, é necessário fechá-lo e cadastrá-lo como um novo problema. A grande diferença neste caso é que provavelmente ele já possui um plano de ação e vai ser solucionado mais rápido, já que não será uma surpresa e os colaboradores do projeto já haviam previsto a possibilidade de acontecer.

Quando não havia um risco cadastrado: Nem todo problema pode ter sido identificado anteriormente como um risco e cadastrado com antecedência. Ele pode acontecer sem previsões e neste caso, o problema deve ser cadastrado e os colaboradores devem definir se ele é grave e qual o impacto gera sobre o projeto, para então desenvolver um plano de ação adequado.

Como registrar e gerenciar os problemas no Project Online

Para registrar os riscos:

Entre na Central de Projetos > Site do Projeto. Nessa tela, você consegue ter uma breve visualização de quantos problemas estão cadastrados no projeto e quantos deles estão em aberto.


A implantação do PPM Easy - azul


Ao clicar em “Problemas” no Menu lateral, irá aparecer todos os problemas cadastrados no seu projeto. Para criar um, clique em “Novo Item”.


Problemas


Em seguida, a tela para cadastro do problema irá abrir, basta preencher conforme as características do problema.



Problemas - novo item

Plano de ação: O problema pode ter um plano de ação já cadastrado ou não. Se não houver, é recomendado que a equipe se reúna e para o desenvolvimento de um plano ideal para este problema, dependendo do seu nível de gravidade.

Relatórios da MLPro para gestão de problemas
Dashboard Easy

Esse relatório permite uma ótima visualização dos problemas em seus projetos, sendo eles: atrasados, em andamento, resolvidos, cancelados, abertos ou fechados. É extremamente útil pois os números e gráficos ajudam a identificar se o andamento do projeto e as ações para eliminar ou mitigar estes problemas estão sendo efetivas, tudo com uma visão em nível gerencial.


Dashboard portfólio easy


Dashboard de Projetos
Esse relatório mostra todos os seus projetos (podendo selecionar apenas um para visualização) com colunas como a de “problemas” que contém símbolos representando se há problema e se ele está ativo atrasado ou dentro do prazo, facilitando também a visualização de como está o andamento do projeto de forma geral.



Dashboard projetos


E-mail automatizado de Relatório de Status do Projeto
A MLPro desenvolveu um relatório que é enviado por e-mail de forma automatizada e permite a visualização de todos os pontos importantes do seu projeto. No quadro de “Problemas em Aberto” por exemplo, há a descrição dos problemas existentes. Isso além de possibilitar fácil visualização, é extremamente útil para manter os envolvidos sempre cientes de como está o projeto, e o melhor, sem que eles precisem consultar manualmente no Sharepoint.


Relatório de status de projetos

Lembre-se que um bom gerente de projetos deve realizar um bom gerenciamento de problemas! Em caso de dúvidas ou interesse, entre em contato com a MLPro preenchendo o formulário de 1º contato.